>> Iniciar Sesión  




+     

 


 

Festa do 17 de maio (que se fai o 14) - Compostela

(ultima actualización: 13 / 5 / 16 )





Quinta, 12 de maio
20h30 Apresentação do livro 'A imagem de Portugal na Galiza', de Carlos Quiroga (em colaboraçom com a AGAL - Associaçom Galega da Língua)

Sexta, 13 de maio (atividades organiçadas com ACentral Folque)
20h00 Apresentação do livro 'Método de acordeão diatónico', de Pedro Blanco.
22h00 Baile Asalto especial acordeom diatónico

Sábado, 14 de maio
11h00 Alborada com cabeçudos e cabeçudas polas ruas de Compostela.
11h30 Bicicletada pola língua. Desde a Alameda ata a praça 8 de março.
12h30 Roteiro infantil de reconhecemento de aves. Saída: Museo do Pobo Galego.
13h30 Sessom vermute: Blues do País. Praça 8 de março.
14h30 Jantar popular. Praça 8 de março.
18h00 Foliada dos cursos (Gentalha, Semente Compostela, ITACA.Asociación xuvenil e cultural. e CSA do Sar). Praça do Pam.
21h00 Poesia e música com Aldaolado. Praça 8 de março.
22h00 Concertos: Habelas Hainas, Os John Deeres e DJ Bigote Mix. Praça 8 de março.

Segunda, 16 de maio
20h00 Palestra, recital poético e concertos no Csoaescarnio Emaldizer.


100 anos depois continuamos a trabalhar pola língua.

"O escudo da autonomia espiritual, mais forte que as armas, é a língua", escreveu Antom Vilar Ponte há já 100 anos no seu Nacionalismo Galego, ponto de partida para a criaçom da Irmandade de Amigos da Fala. Passarom já 100 anos, mas parece que foi onte pois as reivindicaçons de aquel@s jovens, entusiasmad@s, com poucos meios ao seu favor continuam a ser necessárias. Com muitas e boas intençons, organizavam debates, editavam folhetos e mesmo fundavam escolas. 100 anos depois,sentimo-nos herdeiras del@s e continuamos a trabalhar pola língua para que as nossas crianças podam participar de umha escola em que o galego seja a língua veicular.

Celebremos este 17 de maio que temos uma língua viva, que houvo gente que luitou polos nossos direitos de viver em galego e que há semente a agromar.

Na Galiza sempre em galego!!!














COMENTARIOS:

 

Opina sobre esta nova








Ver máis novas.

 

 

 

 

 

 

 


 

 





 

Voltar á páxina principal